Jaru190

Suspeito de matar mulher em Ji-Paraná, RO, é preso após pedir combustível no quartel da PM em Ouro Preto do Oeste, RO.

Homem fugiu de moto logo após matar esposa a pauladas. Ele usou estradas secundárias para da PRF até chega em Ouro Preto do Oeste, e foi pedir combustível para moto no quartel da PM.

Homem de 43 anos, apontando como principal suspeito de ter matado a esposa a pauladas na tarde de terça-feira (25) no Bairro Parque São Pedro em Ji-Paraná (RO), foi preso pela Polícia Militar (PM) em Ouro Preto do Oeste (RO) na tarde de quinta-feira (27) após ir ao quartel da PM para pedir gasolina para sua motocicleta, o suspeito foi reconhecido e confessou que matou a esposa e fugiu por estradas secundárias para evitar a polícia.

O principal suspeito de matar Celma Gomes Somenzari, 32 anos, na terça-feira (25) em Ji-Paraná, foi preso na tarde de quinta-feira (27) após pedir gasolina no quartel da PM em Ouro Preto do Oeste. Ele foi reconhecido pelos policiais e acabou confessando o crime. Segundo a ocorrência entregue na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) o homem de 43 anos, auxiliar de serviços gerais, após matar a mulher, fugiu em sua motocicleta sentido Ouro Preto e para não passar pelo Posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), pois temia ser reconhecido, utilizou estradas secundárias e se escondeu em um mato próximo ao bairro Novo Horizonte.

Como sua motocicleta estava quase sem combustível e ele tinha intenção de ir até a cidade de Buritis (RO) onde os pais mora, resolveu pedir ajuda no Quartel da Polícia Militar de Ouro Preto, onde foi reconhecido e preso.


COMPARTILHAR